Em 1924, Andrew Irvine e George Mallory tentaram chegar ao cume do Everest, e nunca mais voltaram. Em 1999, uma expedição de pesquisa encontrou o corpo congelado de Mallory. O mistério desta aventura malograda é revelada neste livro.

O tema deste incrível relato de aventuras se desenrola em dois planos: de um lado, o desaparecimento misterioso do desbravador do Himalaia, o alpinista inglês George Mallory, durante a expedição inglesa ao monte Everest, em junho de 1924; de outro, a decoberta do cadáver de Mallory, 75 anos depois. Quem as narra é um trio de alpinistas que participou da expedição de 1999.

Além de relato de perigos e riscos na maior montanha do mundo, o livro de Jochen Hemller, Larry Johnon e Eric Simonson pode ser aproveitado como um compêndio de história sobre a conquista do Himalaia eum livro detetivesco, em que os narradores investigam o mistério que envolve a desaparição de Mallory e seu fiel seguidor, Andrey Comyn Irvine. Afinal, teriam eles chegado ao ápice do Everest ou não? E em que circunstâncias morreram? As questões aparecem aos montes, e os autores tentam responder a todas. Só que o mistério persiste, e faz a graça desse livro, amplamente ilustrado e documentado.

Para solicitar, clique aqui