Poucas pessoas poderão ter gozado da solidão como alternativa, ou seja, do convívio exclusivo consigo mesmo, com usufruto tão completo como fez Amyr Klink em suas viagens a bordo do Paratti.

Este livro descreve o que começou em 31 de outubro de 1998, dias das bruxas, e durou cinco memses. A viagem de Amyr Klink ao redor do mundo através da rota mais complicada, perigosa emais curta: circunavegando a Antártica. Mais uma saga surpreendente deste eterno aventureiro.

Para solicitar, clique aqui