Nesta autobiografia, Pipín Ferreras faz um relato emocionante e emocionado de um amor marcado pela intensa fascinação e devoção pelo mar. Campeão mundial de mergulho livre, Ferreras conheceu Audrey Mestre, uma linda francesa estudante de biologia marinha, em 1996. Foi amor à primeira vista. Audrey adotou o esporte do marido e os dois, juntos, empreenderam uma aventura, que a todo momento testava os limites da vontade e do corpo, ao descerem profundidades inimagináveis. Em 2002, Audrey, incentivada pelo marido, tenta quebrar o recorde mundial – inclusive de Ferreras – ao descer 170 metros. Mas ela sofre um acidente no mar, que muda toda a história.

Para solicitar, clique aqui